Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: Madrugada nossa

Das 00:00 às 04:59

No comando: Auto DJ

Das 00:01 às 23:59

No comando: Forró Total

Das 05:00 às 05:59

No comando: Amanhecer no Sertão

Das 05:00 às 06:59

No comando: 100% Brasil

Das 06:00 às 06:59

No comando: Programa Evangélico

Das 07:00 às 07:59

No comando: Universo sertanejo

Das 08:00 às 08:59

No comando: Manhã Legal

Das 08:00 às 11:59

No comando: Conexão digital

Das 09:00 às 11:59

No comando: Furacão brega

Das 12:00 às 12:59

No comando: Rádio Revista

Das 12:00 às 12:59

No comando: Girando a Bola

Das 13:00 às 13:59

No comando: Mega tarde

Das 13:00 às 16:59

No comando: Tarde da Gente

Das 14:00 às 15:59

No comando: RR News (Rádio Revista News)

Das 16:00 às 16:15

No comando: Forró Total

Das 16:16 às 17:29

No comando: Expressões sertanejas

Das 17:00 às 17:59

No comando: Espaço Reservado

Das 17:30 às 17:59

No comando: Anunciando a Paz

Das 18:00 às 18:59

No comando: Auto DJ

Das 18:00 às 23:59

No comando: A voz do Brasil

Das 19:00 às 19:59

No comando: Reprise do Rádio Revista

Das 20:00 às 20:59

No comando: Reprise do Girando a Bola

Das 21:00 às 21:59

No comando: Encontro marcado

Das 22:00 às 23:59

Sobre-nos

Compartilhe:

A Rádio Comunitária Santa Luz FM nasceu a partir da fundação da Associação de Radiodifusão Comunitária Santa Luz, em 21 de maio de 1998, resultado das mobilizações de diversos segmentos da sociedade civil organizada e entidades religiosas do município de Santa Luz, com a pretensão de lutar pela democratização da informação, onde as pessoas pudessem ouvir e ao mesmo tempo ter a oportunidade de expressar as suas vozes, seus pensamentos críticos, reivindicatórios e manifestações artísticos culturais.

A Santa Luz FM é composta por um conjunto diverso de organizações: Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares, Sindicato dos Trabalhadores da Pedra, Cooperativa dos Trabalhadores da Pedra, Associações Comunitárias (de bairro e de comunidades rurais), Centro de Apoio aos Interesses Comunitários (Central das Associações), Cooperativa de Crédito e de Produção, além da Liga Desportiva e Cultural dos Assentamentos de Reforma Agrária da Região Sisaleira.

Ainda integram a Santa Luz FM desde sua fundação, a Paróquia de Santa Luzia e as Igrejas Evangélicas (Assembleia de Deus, 1ª Igreja Batista e Igreja Adventista do 7º Dia.

Ao longo de sua história, a emissora tem se pautado em desenvolver uma programação ética e comprometida com a comunidade, respeitando os valores democráticos de um Estado Laico, buscando de forma implacável lutar pela democratização da informação e construção da cidadania, com ampla abertura e acesso à comunicação para toda a sociedade luzense.

Dentre as nossas principais conquistas e reconhecimentos, destacam-se:

O prêmio infância na Mídia Bahia e Sergipe, concedido a um dos seus comunicadores pelo trabalho realizado junto a emissora, em favor da Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente – UNICEF 2000;

Prêmio Criança e adolescente na Mídia Bahia – 15 anos de Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), pela CIPÓ Comunicação Interativa, Rede ANDI Brasil e UNICEF – 2005;

Um de seus comunicadores é premiado com o título de Jornalista Amigo da Criança, realização ANDI – Comunicação e Direitos / UNICEF – 2007;

Projeto Partilhando Comunicação com a Comunidade – BRAZIL FOUNDATION – 2007;

Finalmente depois de 10 anos de lutas, recebe a Outorga para funcionamento em 2009;

Em 2011, nas comemorações dos 10 anos da BRAZILFOUNDATION, foi reconhecida como um dos 20 projetos mais bem-sucedidos, entre as 191 Organizações apoiadas até à época pela Fundação;

Em 2012, tem seu livro lançado “Santa Luz FM Histórias e Práticas de Um Ser Tão Comunitária”. Além de vários reconhecimentos de Organizações do Território do Sisal e do Município de Santa Luz, pelos serviços prestados em favor da comunidade.

A Santa Luz FM é citada em Artigos e livros como:

DIAS, Antônio. (Coord.). Rádios Comunitárias da Região Sisaleira da Bahia Memória, conjuntura e perspectivas. Relatório de pesquisa. Salvador: MOC, 2005.

LUZ, Dioclécio. Comunitárias: o dia em que os piratas ganharam prêmio de cidadania. Observatório da Imprensa, 18 de julho de 2007.

LUZ, Dioclécio. O rádiojornalismo nas rádios comunitárias. Brasília: Kiron, 2014.

LUZ, Dioclécio. Existe um radiojornalismo que seja peculiar às rádios comunitárias do Brasil? In: PRATA, Nair; OLIVEIRA, Madalena. Rádio em Portugal e no Brasil: trajetória e cenários (Editores). CECS – Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade Universidade do Minho Braga. Portugal

Possui seu nome citado em diversos trabalhos acadêmicos, dentre eles:

GONÇALVES, Camila Sáfadi Alves, SILVA, Felipe Vieira da. A função social e a sustentabilidade das rádios comunitárias no seu microambiente. Universidade Paulista UNIP, São Paulo, 2009. (Trabalho de Conclusão de Curso).

LUZ, Dioclécio. O radiojornalismo nas rádios comunitárias: conceitos e práticas. Brasília, UnB, 2011. (Dissertação de mestrado).

NASCIMENTO, Edisvânio. A comunicação comunitária em Santa Luz-BA: trajetórias e papéis da rádio Santa Luz FM na perspectiva da comunidade. UNEB/BA, 2013. (Trabalho de Conclusão de Curso).

NASCIMENTO, Edisvânio. Rádio Comunitária Santa Luz FM: um ser comunitário e suas contribuições para a cultura local – XIII ENECULT/UFBA, 2017.

A nossa história de mais de 20 anos de existência sempre esteve pautada fundamentalmente em defender o diálogo, o acesso ao conhecimento e a garantia dos direitos humanos.

Deixe seu comentário: